quarta-feira, 6 de abril de 2016

As aventuras de Tarsila (Capítulo 5: Sorte no jogo, azar no amor)

Olá galera!
Tudo bem com vocês?
Finalmente Tarsila e eu voltamos para o blog, depois que eu concluí o segundo período do meu curso de Jornalismo, não consegui postar porque minha internet estava com problemas (e ainda está :/). Mas vamos ao que interessa.
No quarto capítulo das aventuras de Tarsila tivemos muitas surpresas: quem diria que a Kat e o Henrique se apaixonariam (já tem gente até shippando #Katarique), há suspeitas de que Rafael e Celesty sejam namorados (chama o F.B.I. pra investigar isso!), e para completar, o Pedro decidiu que quer ficar com a Tarsi.
Vamos saber o que vai acontecer essa semana?
Clique em Mais informações, por favor. :) 





Para conferir os capítulos anteriores clique no local indicado:
Capítulo 1: A aventura começou! (clique aqui)
Capítulo 2: Entre anjos e demônios (clique aqui)
Capítulo 3: Uma semana difícil (clique aqui)
Capítulo 4: Amor e ódio (clique aqui)



Oi pessoal! Eu estou tão confusa com o que vem acontecendo na minha vida amorosa, esse lance de amor é uma coisa complicada mesmo. Em compensação, estou cada vez melhor na Academia de Moda. É o que dizem "sorte no jogo, azar no amor". Mas chega de blá-blá-blá, deixa eu contar para vocês o que aconteceu comigo nessa semana...

Depois que contei tudo o que aconteceu para a Kat, tentei dormir, mas ficava acordando com horríveis pesadelos (Celesty beijando Rafael, ele me rejeitando e parando de ser legal comigo, tipo, pra SEMPRE etc). Como não parava quieta, Kat acordou e disse que iria dormir na sala, mas eu a impedi, levantei da cama e decidi comer alguma coisa. "Talvez tenha algo interessante na TV a essa hora...", pensei. Acabei adormecendo sem perceber.



15:02. Sábado.
No outro dia, acordei com a campainha tocando, e eu esparramada no sofá às 3 da tarde! Levantei correndo e enquanto tentava ficar minimamente "apresentável" gritei para a Kat atender a porta, sem resposta. Ainda estava penteando os cabelos quando percebi que havia um bilhetinho na cama: "Tarsi, fui passear com o Henrique. Beijos, Kat".
Corri para a porta, e quem encontro? Pedro! Antes que pudesse perguntar o que ele queria, Pedro se inclinou e me beijou. Fiquei surpresa, me afastei e perguntei:
 - Aconteceu alguma coisa?


- Sim, eu não consigo mais ficar longe de você, Tarsi. Você precisa ser minha namorada. E então, aceita? (Pedro parecia estranho e se ajoelhou enquanto perguntava novamente se eu queria ficar com ele)
- Nós combinamos que você me daria um tempo para pensar.
- Tarsila, pensar o quê? Eu sei que você gosta de mim. Pra quê perder tempo?
(Ai minha nossa senhora das pessoas encurraladas, me ajuda!)
- Está bem, eu aceito.
Pedro sorriu e se levantou, já imaginou se alguém passa no corredor e vê essa cena, iriam pensar que era um pedido de casamento. Rsrs
Agora nós somos oficialmente namorados e fomos para uma lanchonete comemorar. O problema é que o lugar em que o Pedro me levou só vendia comida natural e eu não gostei nem um pouco, sou do tipo que prefere gordura, guloseimas e carne! Mas tudo bem, eu podia aguentar isso. Depois decidimos ir ao cinema e tivemos nossa primeira discussão, pois ele queria assistir a um filme de ação, enquanto eu preferia comédia. Adivinha qual dos dois filmes nós assistimos? O Pedro parecia muito legal até umas horas antes, agora está chato e mimado, mal consegue ouvir a opinião dos outros. Já me arrependi de ter começado esse namoro!


 14:45. Segunda-feira. Estágio.
Hoje ainda é segunda-feira e eu já estou exausta. Pedro ficou o domingo INTEIRO me enviando mensagens pelo WhatsApp querendo saber tudo o que eu estava fazendo e isso me deixou irritada. Já as aulas na Stardoll Academy foram normais, ainda bem que mal vi a Celesty. No estágio, Rafael e eu estávamos preparando uma campanha de uma marca de perfumes, eu não conseguia me concentrar muito bem porque eu queria saber se a Celesty era realmente sua namorada. Decidi tirar essa história a limpo de uma vez por todas:
- Rafael, você conhece alguém que estuda na Stardoll Academy? (Perguntei)
- Sim, você estuda lá?
- Aham.
- Que coincidência, a minha... 
- Tudo bem, eu só queria saber isso. O que você acha de acrescentarmos umas cores neon no fundo da imagem (interrompi ele antes que me dissesse que a Celesty era sua namorada, eu realmente não ia aguentar ouvir isso da boca dele, e imaginei que ele começaria a falar dela, tipo "como ela é bonita e chique e não sei mais o quê". Isso seria muito ruim)
- Hã? Cores neon? Acho que vai ficar legal. (Ele ficou confuso e continuamos a trabalhar)



18:40. Apartamento.

No fim do dia, Pedro me levou ao meu apartamento e eu inventei que estava com muitos trabalhos para fazer, pois eu não queria que ele ficasse por muito tempo.
- Amiga, acho que esse seu namoro não vai dá certo. (Disse Kat)
- Escute aqui, Kat. Eu não pedi sua opinião. Nunca dei palpites no seu namoro com o Henrique, por isso me deixe em paz. (Eu tratei a Kat super mal e ela foi chorar no quarto. Acho que estou muito estressada e acabei descontando tudo nela, coitada)


 
7:08. Quarta-feira. Apartamento.
Ai não, justamente no dia em que os primeiros horários são do professor Darth Vader, eu acordei tarde e tive que me arrumar às pressas. Kat e eu estamos sem nos falar há dois dias e ela foi para a aula sem me avisar. Acho que eu mereço esse castigo.
 Eu me aprontei o mais rápido possível e corri 8 quadras para chegar à Academia de Moda. 

7:29. Stardoll Academy.
Entrei correndo e já estava quase na sala de aula, quando, de repente, tropecei e caí com a cara no chão. Ouvi risadas.
Ai não, só podia ser ela, Celesty acompanhada de suas cúmplices.
- Perdeu alguma coisa no chão, Tarsila? Acho melhor olhar por onde anda! Hahaha (Disse Celesty)


Apesar do horário, ainda havia muitas pessoas no corredor e todos me olharam, rindo em seguida. Foi um mico daqueles.
Eu queria que um buraco se abrisse bem ali para eu me esconder. Mas depois de alguns segundos, me levantei.
- Eu não teria caído se não fosse o seu pé grande na minha frente. Quanto você calça? 50? Você compra sapatos por encomenda, querida? Agora eu entendi porque são tão caros. (eu disse, encarando-a de frente)
Celesty achou que iria ficar por cima, mas imediatamente todos começaram a chamá-la de "Celesty, a pé grande" e quando percebi, isso havia se tornado uma piada, todos riam e gritavam. Ela ficou sem reação e suas amigas tentaram defendê-la, mas foi em vão, tiveram que ir para a sala às pressas.
Aquele foi um momento de glória para mim, mas por dentro eu não me sentia nada bem. Eu deveria estar feliz porque a Celesty foi humilhada e se tornou uma piada, entretanto, eu não me sentia assim. Meus pais me educaram para ser justa e respeitar a todos, aconteça o que acontecer, e eu não estava fazendo a coisa certa, mesmo assim, apenas segui para a sala enquanto todos se dispersavam novamente.
Quando eu entrei na sala o professor me olhou de baixo a cima e disse:
- A senhorita por acaso sabe o que significa PONTUALIDADE?
- Sim, mas eu tive um contratempo. Perdão. (acho que eu perdi tempo demais dando atenção às intrigas da Celesty e acabei me atrasando)
Darth Vader nos levou para a sala de costura e nos orientou sobre como fazer uma roupa. Nós criamos moldes e enquanto costurávamos, o professor caminhava por toda a sala, examinando minuciosamente cada roupa. Os modelos dos demais alunos estavam realmente incríveis, comecei a ficar nervosa. Se eu não ganhasse pelo menos o terceiro lugar, o professor iria se decepcionar comigo. Imagine, chegar atrasada e ainda fazer um péssimo trabalho?
No fim da manhã, Darth Vader anunciou a grande vencedora: Katarina.
O vestido que ela fez estava maravilhoso, mereceu ganhar. Ao se apresentar na frente de todos os alunos, Kat me olhou e sorriu timidamente, eu bati palmas levemente, sem fazer barulhos, e retribuí o sorriso. Como eu queria falar com a minha amiga! Fiquei muito aliviada do meu modelo ter sido o segundo melhor. Celesty ficou visivelmente irritada e ao sair da sala me empurrou com força, como de costume.



13:40. Estágio.

Kat e eu ainda não fizemos as pazes, no fim da aula ela saiu com o Henrique, acho que foram almoçar juntos. Eles formam um casal muito lindo.
Segui para o estágio e encontrei o Pedro. Ficamos conversando um pouco enquanto eu não tinha nada para fazer. Rafael chegou e Pedro disse:
- Boa tarde Rafa! Bom, deixa eu ir trabalhar, não quero atrapalhar minha namorada.
- Vocês estão namorando? (Rafael perguntou, estava surpreso)
- Pois é, só faz alguns dias. (Eu respondi, pois não queria que o Pedro começasse a contar como tudo aconteceu)
- Ah. Felicidades para vocês. (Rafael seguiu rapidamente para a sala, eu me despedi do Pedro e fui atrás do meu chefe)
Entrei na sala e fechei a porta. Disse:
- Eu não queria que você ficasse chateado comigo, Rafa.
- Por que eu ficaria? (Ele fingiu que estava procurando algum papel e não me olhava nos olhos enquanto falava)
- Pois é, afinal, namorar é totalmente normal. Eu namoro o Pedro, você namora a Celesty... (eu respondi)
- Eu o quê? (Rafael perguntou, surpreso, e começou a rir) Então você acha que eu namoraria a minha própria irmã?
- Ela é sua irmã? (Fiquei totalmente pasma, eu não imaginava isso)
- Claro que sim. Então você está namorando o Pedro porque achou que a Celesty fosse minha namorada. Confesse, Tarsila, você quer apenas provocar ciúmes em mim? (Rafael estava com um sorriso encantador, como se acabasse de descobrir uma teoria bombástica que fosse lhe dar o Prêmio Nobel)
- Não, imagine. (Eu mal conseguia falar, estava tão sem graça e ao mesmo tempo tão feliz)
- Porque se for por isso, você conseguiu. (Rafael foi se aproximando de mim e minhas pernas tremiam, fiquei sem reação)
- Rafael...
TRIN...TRIN...TRIN...
O telefone tocou. Finalmente a nossa senhora dos encurralados deu as caras e me ajudou. Imediatamente comecei a digitar qualquer coisa no computador e fingi que estava fazendo algo muito importante. Rafael falava ao telefone e depois, quando terminou, ficou me olhando lá da mesa dele. Estava alegre e sorria a todo instante. Eu fingi não perceber e continuei "trabalhando". Na hora de ir embora, me despedi rapidamente e saí quase correndo, pois se ele chegasse perto de mim eu não ia resistir. Preferi fugir.


18:55. Apartamento.
Quando cheguei no apartamento, Kat estava lá. Nos olhamos e nos abraçamos. Eu pedi desculpa, tipo, um milhão de vezes e comecei a contar tudo o que havia acontecido na Academia de Moda, que a Celesty foi chamada de pé grande, e depois na agência, que Rafael e eu quase nos beijamos. É muito bom ter minha amiga de volta.


13:15. Quinta-feira. Estágio.
No outro dia, ao chegar no estágio, Pedro veio falar comigo:
- Tarsi, eu queria que você trocasse de estágio. Já consegui um melhor para você na empresa de um amigo.
- Mas eu não quero. Você sempre decidi as coisas pelas pessoas como se elas fossem fantoches? (Não gostei nem um pouco que o Pedro queira mandar em minha vida)
- Calma, amor. Isso é o melhor para você, o Rafael é um conquistador barato que com certeza vai tentar te seduzir só para me humilhar. Ele sempre quer ser melhor do que eu, eu sei que ele vai aprontar alguma coisa contra nós. (Pedro parecia com raiva ao falar do Rafael)
- Pois você vai ter que confiar em mim ou terminamos por aqui, porque eu não vou mudar para outro estágio.
Pedro ficou muito bravo, mas tentou se controlar.
- Tudo bem, eu confio em você. (Nos beijamos e eu segui para a sala do Rafael)
Chegando lá:

- Muito lindo esse seu perfil no Facebook. Em um relacionamento sério com Pedro. (Rafael estava olhando um Facebook no computador, mas eu não tinha criado aquela conta, tinha várias declarações de amor como se eu tivesse postado para o Pedro)
- Eu não sei do que você está falando. Esse Facebook não é meu. (Eu disse)
- Engraçado, porque tem o seu nome e a sua foto. (Rafael falou com um tom sarcástico)
- E se for meu, isso não tem nada a ver com meu trabalho. (Eu fiquei irritada)
- Você está certa, vamos ao que interessa. (Rafael fechou o perfil do Facebook e começamos a trabalhar, ele me tratou com frieza, muito diferente do dia anterior. Eu me senti triste e com vontade de falar que estava apaixonada por ele, mas não disse nada)

Os dias se passaram normalmente, Kat me aconselhava a terminar com o Pedro, mas eu não sabia muito bem como fazer isso. Ele tentava me conquistar, estava sempre no meu apartamento, me levava para passear, mas eu me sentia como uma mentirosa, enganando a todos e a mim mesma. Já faz alguns dias que não ligo para a minha mãe, estou precisando tanto dela. :/
Semana que vem é meu aniversário de 18 anos, será que alguém vai lembrar? Será que o Rafael vai voltar a me tratar como antes? Espero que a Celesty não descubra que eu gosto dele, porque isso seria terrível!



Até mais!
Tarsila da Silva Honório (TSH)


----------------------------------------------------------------------------------------------------------
 Agora é com vocês.
A seguidora DelenaLaryssa Stardoll sugeriu a melhor continuação da história e será premiada. Parabéns e obrigada pela participação! :D

Comentem como deve ser o sexto capítulo das aventuras da Tarsila com os seguinte quesitos:
- O aniversário da Tarsila;
- Alguém vai fazer uma surpresa inesquecível para ela;
- Celesty descobre que Tarsila é estagiária do Rafael e tenta fazer com que ela seja demitida;


Não esqueçam de colocar o nome de suas dollies.
Comentários válidos até 06/04 (quarta-feira).
 Espero que gostem do capítulo 5 e participem. :D
 Quem quiser visitar a Tarsila no Stardoll clique aqui.
 Beijos!
´

6 comentários:

Nay Nascimento disse...

Galera, quero pedir desculpa na demora para postar, eu pretendia colocar mais imagens dos personagens, inclusive do apartamento da Tarsila, que já ganhou novos cômodos, mas a internet não ajudou. Eu vou tentar adicionar todos os dias, assim a história vai sendo atualizada conforme a internet carregar as imagens. Bjuus
Não esqueçam de opinar sobre a história, podem ficar a vontade. <3

Adriano Lopes disse...

" Nossa senhora dos encurralados " - Parabéns Nay , que capitulo foi esse ? me diverti muito lendo ♥ Acho que seria bem legal Rafael fazer uma super Festa para a Tarsi ...
- Adrianolopes6

Stardoll PinkVivianny disse...

Tava louquinha pra ler o novo capítulo! Espero q as coisas estejam indo bem na sua faculdade e q, em breve, possa voltar a postar ativamente. Um abraço! ^-^

Stardoll PinkVivianny disse...

Só uma ceninha q imaginei (coisa boba): q a Tarsila suportasse todo o ciúme e o controle do Pedro, até descobrir q foi ele quem criou o tal perfil e até mandou solicitação pro Rafael, só pra deixá-lo irritado. A rivalidade entre Rafael e Pedro é antiga. Eles estudaram juntos e foram grandes amigos (quando faziam faculdade de Comunicação ou de Publicidade e Propaganda, Relações Públicas ou o q for mais apropriado), inclusive, Rafael até conseguiu trabalho pro Pedro na agência do pai, mas quando Rafael começou a se destacar no ramo da publicidade Pedro ficou com ciúme achando q isso só acontecera pq Rafael era filho do dono, por isso, sempre quis se dar bem por lá, só q, com a chegada de Tarsila, essa rivalidade saiu do âmbito empresarial e passou a atingir a vida amorosa deles. Claro q Pedro se apaixonou por Tarsi assim q a viu, mas quando soube q Rafa também estava interessado nela, conquistá-la passou a ser um bônus.

shakira 1003 disse...

no niver da tarsi a unica pessoa que se lembra do aniversário é sua amiga kat,pedro o seu próprio namorado não se lembrou do niver da tarsi.Ao cair da noite daquele dia uma pessoa toca a campainha,Tarsila vai atender e se depara com pedro bem lá,na sua frente,ela manda ele entrar,ele estava com uma caixa de presente,e um buque de flores(você escolhe o que vai ser o presente e qual vai ser o tipo de flores que a tarsi vai ganhar)Kat tinha saido pouco antes do rafael chegar,rafael me da os parabens e me leva para comer alguma coisa,quando voltamos estamos,os dois,dentro do apê novamente(ele foi se aproximando de mim e quando me dou conta já estavamos os dois nos beijando)na hora que paramos de nos beijar ele me pede desculpas por ter me beijado mas disse que não conseguiu se conter(eu não disse nada,mas,bem que gostei)ele se despede e vai embora na hora que chego no estagio resolvo entar no face,e descubro que,quem fez aquela conta foi Celesty,com a ajuda adivinha de quem do Pedro(eu queria falar pra ele que o nosso namoro acabava por ali,mas não tive oportunidade de conversar com ele),Celesty fez aquilo para me provocar por que na semana passada o pessoal da escola a apelidou de pé grande,e também por que descobriu que sou estagiária do rafael.Na hora que cheguei em casa fui dormir.No outro dia fui para a escolaCelesty aquelas suas amigas virão que eu estava arrumando meu material dentro da mochila e então Celesty falou:Saia da minha frente garota estúpida.Eu fiquei com a moral lá no chão mas revidei e falei:Mude seu caminho Celesty,porque daqui eu não vou sair!Celesty estava sem palavras mas passou peto de mim e não falou e muito menos fez nada,achei o comportamento dela comigo naquele momento muito esquisito,mas eu tinha mais com que me preocupar.Depois da aula,fui ara o apê me troquei e enquanto estava no meio do caminho,passa Celesty de carro buzina para mim e passa bem em cima de uma poça de agua enorme,e ela me dá um banho.Depois daquilo Rafael apareceu e disse:Tarsila o que aconteceu com você está toda molhada(ele estava com uma blusa de frio ele tira a blusa e joga em cima de mim,ele deve ter percebido que eu estava tremendo)ele me leva até o meu apê,troco de roupa bem rapido e vamos nós dois,dentro do carro até a empresa,chegando lá,percebo que Celesty estava saindo de lá,fingi que nem a vi.Quando me dou conta ,percebo que ela tinha ido lá ara me atrapalhar e fazer com que Rafael me demita,percebo que ela tinha feitoa maior bagunça no meu local de trabalho e que também ela tinha acabado com os perfumes que eles tinham nos enviado e que o cenário do comercial estava destruido(todo meu trabalho,e o o Pedro havia escorrido que nem agua pelo ralo)Rafael se aproxima de mim e fala:tarsila o que você fez? eu respondo:Não fui eu,eu não fiz nada!(eu estava com os olhos cheios de lágrimas)antes que aquela discussão fosse ficar pior,um funcionário fala para Pedro o acompaha-lo,eu percebo que eles estavam indo para a direção da sala,onde fica as imagens gravadas das cameras da empresa.O funcionário mostra a Pedro a imagem e Celesty quebrando tudo.Eu vou embora para casa arrasada com tudo o que aconteceu.Quando chego no meu apê kat tinha saido e a unica pessoas que estava lá era o Rafael,ele tinha ido me pedir desculpas por ter me tratado tão mal mais cedo,eu aceito suas desculpas e ele me pede em namoro,eu falei que precisava de tempo para pensar,ele me disse que poderia esperar o tempo que for necessário até sair da minha boca um sim!(eu achei muito fofo aquelas palavras e engraçadas também)

O nome da minha doll é:Shakira1003 bjuss espero que vc goste da continuação que dei!

Julia Ferreira Caetano disse...

gostei muitoo do capitulo!