quarta-feira, 26 de julho de 2017

Heartless - Episódio 04

Olá pessoal

Tudo bem com vocês? Então, finalmente hoje está aqui em primeira mão à vocês o quarto episódio da série que vocês pediram que continuasse. E bem estou aqui eu continuando
e muito feliz e com um aviso também que direi só no fim do post, assim que vocês lerem esse episódio maravilhoso que preparei com muito carinho pra vocês!

Episódio 04 - Cheguei Bitch's!

Kappa – 8:00 AM
Nossa dormi feito pedra essa noite, tanto que até me atrasei e a Mabel já começou
o dia sendo amiga descendo sozinha sem nem me acordar.
Coloquei qualquer roupa, desci e pra variar a casa estava igual aos outros dias
todo mundo correndo pra lá e pra cá. Isso nem me assustava mais:
- O que foi dessa vez gente?
- A Emy sumiu! (Cloe)
- Como assim?
- Ninguém sabe como, mas já procuramos ela por todos os lugares e nada dela
Já rodamos tudo e não encontramos. Meu Deus e agora com quem eu vou sentar no intervalo!(Becky)
- Acho que deveria saber mais do que ninguém o por que do sumiço dela não é Margo! (Paige)
- Eu? Por que?
- Ontem eu ouvi ela falando sobre você e o Jake, estava aos berros com ele!
Bem que eu podia jogar na cara dela aquela conversa esquisita no telefone, mas acho que não agora:
- Aí é entre ele e ela, eu não tenho nada a ver com isso.
- Claro que tem você aproveitou os acontecimentos aqui do campus
 e deu um sumiço nela para poder ficar com ele!
- É melhor você calar sua boca e tomar conta dos seus assuntos pois dos meus cuido eu.
- Que gritaria é essa? (Reitora)
- O desaparecimento da Emy agora virou culpa minha.
- Não quero acusações de ninguém. O culpado será punido assim que encontrado, agora vão imediatamente para o Campus todas estão atrasadas.
E de novo a reitora se supera e consegue ser fria com uma situação dessas. Já estou ficando até com raiva dessa mulher. Tenho certeza que isso tem haver com o restante das coisas que vem acontecendo, mas achei sínico da parte da Paige que talvez seja a pessoa por trás disso, agir dessa forma. Acho melhor investigar mais.

Campus – 10:00 AM
- Por que saiu mais cedo hoje?
- Ah, vim procurar a Emy aqui no Campus, e acabei ficando por aqui. (Mabel)
- Ata. Viu o Jake?
- Não, será que foi ele quem fez isso com ela?
- Não, acho que não. Ele não faria esse tipo de coisa.
- Ah ok, eu vou pra aula depois a gente se vê tá?
Claro que eu não ia pra aula, só ia dar uma investigada já que até eu que geralmente não me pronuncio sobre nada naquela casa estou sendo culpada, e tenho certeza que a Mabel não viria por que ainda não se convenceu que tem alguém armando pra elas.
Depois de andar por horas pelo campus não achei nada, a não ser o Jake que estava cabisbaixo e estranho:
- Jake, queria pedir desculpas pelo que aconteceu,
e tenho certeza de que vão achar a Emy mais cedo ou mais tarde.
- Imagina você não tem que me pedir desculpas e...
- Huum, olha eles o casal de sequestradores! (alguém grita de longe)
- Acho melhor eu ir.
- Até então, tchau.

Kappa – 6:30 PM
Até que enfim em casa, e pelo menos aqui no meu quarto eu não preciso ouvir ninguém me chamando de assassina ou algo assim. Do nada alguém bate na porta do meu quarto e vai entrando:
- Oi. É, queria que soubesse que não acho que tenha sido você tá? (Cloe)
- Imagina Cloe, não precisava me contar nada disso, sei que não pensaria isso.
- É que ontem eu ouvi a briga e umas horas depois, quando todos estavam dormindo eu ouvi a porta da sala abrindo, já que eu estava na cozinha, mas não falei nada para não me incriminarem enfim.
- Como assim ouviu a porta abrindo?
- Eu fui olhar se era alguém, mas não vi mais nada além de uma porta aberta e esse pingente:
- Parece feminino, será que era da Emy?
- Bem, eu acho que sim, mas preferi mostrar à você do que mostrar à outra pessoa para dizerem que era seu e que era você quem tinha levado ela.
- É entendo. Será que pode não contar à ninguém sobre?
- Claro.
- Obrigada por me avisar e por acreditar em mim.

Campus – 9:00 AM
- Hoje saiu bem cedo né? (Mabel)
- Sim, não queria ninguém me olhando de cara feia e só não te chamei por que você estava dormindo feito um anjinho hahaha.
- Devia ter me chamado, mas e aí não falou mais nada com o Jake?
- Não e nem quero já que tenho medo de mais alguém ver a gente junto e começar a nos incriminar só para variar. Já tô de saco cheio dessa história.
- Não vai fazer nada não é? Sei que é bastante curiosa.
- Não, não vou.
Mentira. Depois de falar com a Mabel fui procurar a Becky, não é possível que ela não soubesse de nada que tivesse acontecido com as meninas antes daquilo tudo:
- Becky! Será que a gente pode conversar?
- Claro.
- As meninas deixaram algo pra trás, ou te contaram algo, ou falaram com alguém pelo celular naquela noite?
- Não, nem o celular delas ficou.
- Como assim? Então por que elas não se comunicaram?
- Quando a Sasha sumiu a Emy não se preocupou por que o celular não ficou, por isso acho que não estão tão preocupados, devem achar que elas fugiram.
- E por que elas fugiriam?
- Isso eu já não sei, mas pra que tantas perguntas assim?
- Sou do IBGE.
Depois disso sai correndo, por que provavelmente a Becky não iria acreditar, ou ia, não sei. 

Diretoria – 3:15 PM
Já conversei com o Jake, com a Becky e agora tem de ser com a reitora, acho que ela devia saber dos celulares, quem sabe ela consiga rastrear ou informar a policia pra que eles façam isso.
Antes de abrir a porta ouvi ela falando ao celular:
- IDIOTA, como você deixa elas assim tão perto do campus?
Do nada sinto alguém tocando no meu ombro, e adivinha quem? Paige.
- Escutar a conversa dos outros é feio, o que foi está com medo de ser incriminada?
- Se eu quisesse falar com você eu teria ido à um galinheiro, licença.
Alguém tinha que calar a boca daquela menina, e acho que a melhor pessoa seria eu. Acabei não falando com a reitora, vai que ela estivesse metida nisso e minha informação fosse ajuda-la a leva-las pra mais longe? Elas não são as melhores pessoas do mundo, mas eu também não sou a pior.

Kappa – 9:00 PM
O jantar foi que nem sempre: super entediante. Ninguém além da Reitora, à não ser a Cloe, puxava assunto. Acabei subindo mais cedo já que estava pensando em sair de madrugada pra dar uma olhada ao redor do campus, aquela hora ninguém me veria então eu podia achar elas.

Kappa - 11:00 PM
- Por que já está tudo ajeitado na sua bolsa à essa hora? Ansiosa pra aula haha(Mabel)
- Ah só estou cansada e amanhã quero acordar mais tarde, daí já deixei tudo ajeitado pra não me preocupar com isso.
- Tem certeza que é isso? Você quase não passou o dia comigo como sempre, além do mais não sabe guardar segredo.
- Acho que não né, hoje eu conversei com a Becky pra saber mais sobre as meninas, por exemplo, se elas tinham falado com alguém naquela noite ou algo do tipo.
- Mas, elas falaram, ou a Becky tinha alguma pista?
- Só disse que os celulares delas não estavam aqui. Mas enfim vou dormir estou morta de sono.
Boa Noite.
- Ah sim, Boa Noite.
Não contei tudo a ela por que queria investigar sozinha, mas se eu achar algo venho chama-la.

Kappa - 02:00 AM
Graças aos fones e o alarme eu não dormi a noite toda; parece que chegou a hora de ir.
Levantei da cama com cuidado e peguei minha bolsa e um casaco. Sabia que se eu saísse pela porta poderia acabar fazendo algum barulho e ultimamente todos estavam atentos a barulhos na madrugada, então sai pela janela. Posso não ter muita coordenação motora mais tenho força pra me segurar naquela corda feita de cobertores e descer.
Dei duas voltas inteiras pelo campus: jardim, salas de aula, pátio e até nos dormitórios o que foi uma tarefa difícil, e claro pelo lado de fora. Mas já estou muito cansada e já eram três da manhã então decidi que seria à ultima volta. Rodei tudo, e não achei nada.
Nossa sou muito burra, esqueci completamente do GPS do celular delas. Mas como eu vou acha-las?
BU.
- Quer me matar de um ataque cardíaco?
- Relaxa. (Mabel)
- Como foi que me achou?
- É fácil acordei durante à noite e não te vi na cama, procurei pela Kappa e tinha uma corrente de cobertores. Deduzi que tinha fugido possivelmente pro campus.
- AaaaAAaaAaaAAaaaa.
- Você ouviu isso? Vem parece ter vindo lá de fora.
Saímos correndo pelo lado de fora do campus e não achávamos de onde o grito teria vindo.
 Eu já estava nervosa, será que nós estávamos ouvindo errado:
(Barulhos)
- Tá tudo bem aí Margo? (Mabel)
- Até que enfim. (Sasha me abraça)
- Menos Sasha. (Emy)
- Tá tudo bem com vocês?
- Sim, tirando a parte de ainda estar de lingerie. (Sasha)
- Vem Margo. (Mabel me estende o braço)
Depois de quase morrer caindo em uma espécie de porão com um péssimo teto/chão,
eu e as meninas fomos pra Kappa e ligamos para a reitora ir na policia retirar o aviso de desaparecimento e vir para a Kappa. Enquanto isso as outras meninas enchiam de perguntas:
- Vocês viram quem pegou vocês? (Paige)
- Não lembro nem do caminho até lá. (Sasha)
- Vocês ficaram sem comer esse tempo todo Emy? (Becky)
- Claro, mas tinha comida lá e por sinal um estoque só com carboidratos,
 mas não estou afim de engordar.
- E como vocês acharam elas? (Alana)
- Ia usar o GPS dos celulares, mas acabei ouvindo os gritos.
- Mas a gente estava sem celular. (Emy)
- E você Margo, tá tudo bem? (Mabel)
- Sim, só estou com uma raladura na pernas nada que um mertiolate não resolva. (risos)
- Está tudo bem com vocês? (Reitora)
- Até pouco tempo estava. (Emy)
- Como isso aconteceu, quem levou vocês? (Reitora)
- Se eu soubesse quem tinha me levado já tinha falado, além do mais só lembro de alguém me agarrar por trás com um pano na minha cara.
- Mas quem seria capaz de tanta maldade?
Disso eu não sabia, mas preferi subir enquanto não chegavam as perguntas sobre eu ter saído no meio da noite lá da Kappa.




E aí, o que acharam?
Deixa nos comentários suas teorias, opinião e o que a série deveria melhorar.
E se ainda não leu nenhum episódio, aí vai a lista com os links:


AVISO
O meu blog Stardoll Hoje está com vagas abertas à colaboradores!
Quem quiser participar basta clicar aqui e será redirecionado à ele para a ficha de inscrição.
Espero vocês lá.

Beijos e até!

7 comentários:

My Wonderland disse...

Ficou muito bom ♥

Pompeir disse...

Ainda bem que continuou num aguentava mais ficar esperando uma continuação.

Manu Washington disse...

Uma pergunta meu caro, de onde vem tanta inspiração? porque haja inspiração para fazer isto, eu por exemplo não tenho condições nenhuma de fazer isto kkkkk.

Adriano Lopes disse...

Que bom que estão gostando ♥ A gente só tenta e é o que dá Manu Kkkkjk

Clouen SD disse...

Amei! Muito perfeito 'o'

Eu acho que a Reitora tá metida nisso. Não vou com a cara dela

Munike Guimarães disse...

Kkk certeza a Reitora!

Munike Guimarães disse...

Amooo sua criatividade ☺💜.