terça-feira, 15 de julho de 2014

*Especial Covers 10*

Olá galera!
Finalmente chegamos ao cover de número 10!!! Lembrando que ainda irei fazer uma matéria especial com todos os covers que passaram por aqui, sugestão da seguidora Marina.
Eu encontrei pessoas muito gentis que aceitaram participar do quadro, e eu gostaria de agradecê-las, pois através delas abordarei assuntos muito importantes.
Uma dessas pessoas faz cover da Demi Lovato e seu nick é DemetriaDemiL.
Convocando os Lovatics!!! ♥♥♥
Para conferir a matéria completa, clique em Mais informações <<.



A DemetriaDemiL é muito linda, realmente bem parecida com a Demi. Ela me recebeu com muita educação e carinho e adorou poder participar do blog. :)
Para visitá-la clique aqui.
Entrevista com a DemetriaDemiL:


O que você acha que seu ídolo passa para as pessoas?
"Como a maioria sabe, a Demi passou por muitas dificuldades, mas hoje ela passa para todos que não devemos ter medo, porque somos fortes e devemos acreditar em nós mesmos. A Demi me inspira com sua história todos os dias, eu realmente amo aquela guerreira!" *o*

O que você mais gosta em ser uma cover?
"Gosto de ser uma cover para mostrar que sou fã da Demi, também amo me inspirar nela."

É difícil manter o visual do seu ídolo?
"Não, eu amo manter o visual dela, as pessoas vem falar comigo, sobre o quanto sou parecida com ela. Por isso eu amo, sem tirar o detalhe dos comentários fofos." :3

A maioria das dollies (meninos e meninas) reagem positivamente ou negativamente ao seu visual?
"Até agora ninguém me deu um comentário negativo, apenas "você parece com aquela cantora Demi Lovato, eu não gosto dela, mas está bem parecida". :)

Recadinho da DemetriaDemiL: "Muito obrigada pela entrevista, eu amei muito! Bem, quem quiser me visitar no Stardoll e quiser deixar recado, eu iria adorar, eu respondo todos de volta e também vendo cabelos em meu Bazaar. Beijos ♥♥♥"

Quem quiser visitá-la na suíte clique aqui e no bazaar clique aqui.



Um pouco sobre a Demi:


- Seu é Demetria Devonne Lovato;
- Nasceu em 20 de agosto de 1992, no Novo México, e cresceu em Dallas, no Texas;
- É filha de pais separados e tem uma irmã mais velha (Dallas Lovato - Leigh) e uma meio irmã mais nova (Madison De La Garza - Lee);
- Aprendeu a tocar piano e violão aos 7 anos, quando entrou para o elenco de "Barney e seus amigos" e começou sua trajetória no mundo dos famosos; :3
- Aos 12 anos começou a estudar em casa, devido ao bullying que sofria na escola; :o
- Em 2010, Demi foi internada numa clínica de reabilitação, para tratamentos físicos e psicológicos. Ela passava por transtornos alimentares (anorexia e bulimia), depressão e automutilação; :'(
- Ao longo de sua carreira, Demi foi muito criticada, chegando inclusive a deletar sua conta no Twitter, imaginem o quanto ela sofreu desde os seus 7 anos de idade, quando começou sua depressão.
- Porém, ela conseguiu vencer e superar seus problemas, com ajuda profissional e familiar, de amigos e fãs, e é uma cantora de muito talento, sucesso, carisma e beleza. :D \o/
Créditos: demilovato.com.br

Considero a Demi Lovato um exemplo de superação, pois ela passou por tantos problemas, tanto físicos quanto psicológicos, que a tornaram uma pessoa muito forte.
Eu estava olhando aqui no blog o post da Mila e os comentários sobre a questão do cyberbullying e fico muito feliz em perceber o quanto a maioria das seguidoras nos apoiam e que estão atentas para que esse tipo de crime não aconteça. Às vezes nós não temos consciência do quanto as palavras podem machucar uma pessoa, porém ofensas podem prejudicar muito alguém. Podemos pensar que certas coisas são apenas brincadeiras normais, mas não são! Pressão psicológica pode levar à sérios problemas, assim como aconteceu com a Demi. :'(


Trecho de uma entrevista da Demi: "Eles me chamavam de ********* e diziam que eu era gorda e feia. Eu não deveria ter escutado, mas eu levava isso para o meu coração e doeu. Pensei que talvez eu não tivesse amigos, porque eu era muito gorda".

Infelizmente nós não nascemos com mente e comportamento maduros e somente com o passar do tempo nós vamos aprendemos a lidar com situações difíceis e com as diferentes personalidades das pessoas.


Falando um pouco sobre os distúrbios alimentares, gostaria de dizer que são problemas sérios. Muitos acham que anorexia e bulimia são coisas apenas de modelos e pessoas ligadas à fama, mas não são, é algo que acontece com milhares de meninos e meninas todos os dias, causando inclusive mortes. Ficar sem comer não é saudável!
Nós vivemos numa sociedade que nos bombardeia com propagandas da ditadura da beleza. Um exemplo que eu posso citar é a novela da Globo, "Em família" (família?), no qual a personagem Bárbara se mostrava apaixonada mas não era correspondida. Sua mãe a criticava muito, e então após muita pressão pela magreza, ela decide fazer regime e consegue perder alguns quilos. Então, depois de ficar mais magra, ela começa a ser notada pelos garotos (e até ser disputada) e consegue conquistar um namorado. O que isso nos mostra? Que devemos ser magras para conseguir um namorado e ser feliz. Isso está certo? Não! Não mesmo.

Nós devemos nos aceitar como somos, não importa seu corpo, seu cabelo, sua altura, o que importa é nosso caráter e dignidade. Se você não gosta de algo em si, tente valorizar os pontos que goste ou faça coisas saudáveis para se sentir feliz. Nós somos lindas e lindos de um jeito único e pessoal. Deus não erra!


Trecho de uma entrevista da Demi:"Havia algumas coisas, fisicamente e emocionalmente, que eu estava fazendo comigo mesma, que eu percebi que não eram saudáveis. Eu provavelmente não continuaria viva se eu continuasse a tratar meu corpo como eu estava tratando. Depois de anos com distúrbios alimentares, depressão e automutilação eu decidi procurar um médico e me tornar uma paciente".

Minha mensagem com essa matéria:
  • Não ofenda as pessoas simplesmente por ela ser diferente de você, você não sabe dos seus problemas e pode ser o causador de um sofrimento a mais;
  • Ajude sempre que puder, uma simples palavra de afeto ou um elogio. A maioria das pessoas sofrem caladas, só porque se mostram alegres o tempo todo não quer dizer que seu coração esteja assim também, por isso procure sempre incentivar e ser agradável com os demais;
  • Se você passa por algum desses problemas que a Demi passou, ou outros, por favor procure ajuda, pois nós não conseguimos absolutamente nada sozinhos. :)

*SIM DEMI, VOCÊ É UMA GUERREIRA!*
Claro que a Demi não é uma pessoa feliz durante 24 horas, mas ela aprendeu a cultivar coisas positivas para si e para as outras pessoas, e eu agradeço muito por ela existir e me ajudar tanto, com sua músicas e palavras de incentivo.
E se ela conseguiu passar por tudo isso e agora usa seus problemas do passado para ajudar outras pessoas, eu acredito que nós podemos fazer qualquer coisa.

Trecho de uma entrevista da Demi: " É um problema diário e com certeza será um problema que eu terei que lidar para o resto da minha vida. Será uma batalha diária, eu nunca serei perfeita. Mas enquanto eu acordar e tomar meu café da manhã pensando que continuarei tendo essa atitude e que vou vencer aquele dia, vou conseguir. Não importa quantos pensamentos negativos venham a minha cabeça. Por hoje eu estou feliz e animada com a vida. Eu não sei o que vai acontecer amanhã, mas se algo não acontecer eu sei que eu posso enfrentar".


Me sinto muito feliz por poder passar a história de vida emocionante e arrepiante da Demi Lovato, e espero que tenha sido positiva de alguma forma para vocês!
Agradecimento especial à DemetriaDemiL, pois através de sua cover foi possível produzir esta matéria. :)
Beijos e até a próxima!

16 comentários:

Tyna102 disse...

Adorei essa cover, muito diva! E adorei principalmente o que você falou, Nay sobre respeitar os outros do jeito que são e etc. isso me tocou e sei que vai tocar muitas pessoas <3 E a Demi realmente é um exemplo para nós!

Polyanna Ramos disse...

Ameei a entrevista! Faz mais!

giovanna nascimento disse...

Amei!! A entrevista ficou ótima e ela é muito simpática!! Nay Seus Posts estão ótimos! E aliás eu amo a Demi <3 mas minhas outras divas são a Avril Lavigne e a Martina Stoessel (sim sou tinista) Se vc puder fazer uma entrevista com cover da avril ou da tini eu ficaria super feliz! beijos...

Taina Santanna disse...

Linda Cover , ñ sou fã da demi mas ela é um grande exemplo para todos os seu fãs , mto guerreia pra chegar onde chegou :)

Anônimo disse...

GNT ESTOU PRA AVISAR QUE DOLL Barbara2013F coveer caudia leitte está hackiada por isto ela deixo de ser cover

Aline / KimBlond disse...

Adorei tudinho! Ela parece ser super simpática :) E amei todo o restante do post também, realmente devemos respeitar e amar o proximo, e não ofender ninguem, alias não sabemos pelo que a pessoa passa né...

Clevane Dias disse...

ameiiiii a matéria,li tudo,alias vc tem toda razao;)

Letícia Oliveira disse...

Nay, perfeita sua matéria! Adoro todos os seus posts, e este especial de covers está maravilhoso, como sempre. Super simpática essa cover, hein? Haha ♥

Eu sou lovatic há 7 anos, e adoro o trabalho da Demi. Ela é famosa, mas nem por isso deixa de ter problemas. Quando era mais nova eu me sentia muito rejeitada pelos meus colegas, não era exatamente bullying, mas eu ficava depressiva as vezes em conta disso. Chegou uma época que eu acabei virando a valentona, ninguém se metia comigo, porque eu já saía distribuindo porrada. Até hoje eu não sei porque eles me tratavam assim, mas acho que é por que eu sempre tive o meu lado meio "nerd", eu respondia todas as perguntas do professor, sabia todas as respostas, fazia e sabia coisas que ninguém mais sabia/fazia. Eles me rejeitavam, eu tinha que implorar pra brincar com eles, e quando brincava, era sempre deixada de lado. Só se aproximavam de mim quando era época de prova e ficavam me pedindo cola. Um deles até chegou a me culpar por uma coisa que eu não tinha feito. Acho que também era por eu ser magra demais, não chegava a ser anoréxica, me chamavam de pau de vassoura e palito de churrasco. Hoje ainda me chamam assim, mas levo na brincadeira. Até de leite moça me chamam, porque sou bem branquinha, e minha resposta sempre é: pelo menos sou leite moça com orgulho, haha. Eu costumava ter (e ainda tenho) a Demi como minha "ajuda". Eram meados de 2010, e eu sabia da história dela, de pessoas que passavam pelas mesmas coisas que eu passava, e isso me deu uma ajuda muito grande, e os amigos que eu já tinha também me ajudavam. Já faz 3 anos que isso aconteceu e eu ainda estou aqui, melhor do que nunca. Demi me ajudou muito muito com suas músicas de incentivo e seus depoimentos, e ainda hoje continuo sendo lovatic, fã desta guerreira maravilhosa, sábia, divertida e, por mais que os haters digam que ela não passa de uma "giletezinha", eu vou continuar gostando dela, ela sempre vai ser minha musa. ♥ Adorei Nay. ♥

Franciely Styles disse...

Amei <3 incrível essa doll <3

Houve um tempo que eu também mudei minha doll deixando-a como a Demi, mas sei lá, demorou tanto para conseguirem fazer o cabelo parecido com o dela depois de cortado que desisti :'(

Tem uma doll que vi que é muuuuito perfeita em covers ( especialmente da demi lovato ), e faz vários pois também cria cabelos lindos e tal, a Emmy.Anna :) Olha na apres dela 'o'

Stardoll PinkVivianny disse...

Nay, eu amei essa matéria. Eu sei q vc está acostumadaa a ver meus comentários dizendo que amo seus posts, mas esse foi bem extenso e muito interessante. Obrigado pela matéria! Ela com certeza serviu pra ajudar muita gente, direta ou indiretamente. Não me considro Lovatic, mas gosto da Demi e suas músicas.
Letícia, sua história é emocionante!Seu depoimento foi bem legal e incentivador. Sua história é, em partes, parecida com a da Demi, o q tem tudo a ver com o post e essa questão do bullying, do preconceito, de sempre enxergar o diferente de modo negativo merece nossa atenção.

Stardoll PinkVivianny disse...

*considero --> 4° linha

Nay Nascimento disse...

- Obg Tyna102, a ideia era realmente provocar alguma mudança nas pessoas, incluindo eu. Aprendi muito com a Demi e fico feliz que tenha gostado. :)

Poly e Giovanna amores, vamos ver se os covers se disponibilizam para responder 4 perguntinhas hahaha Consegui mais alguns, aguarde... Bjus :*

Taina, eu tbm não sou lovatic, mas admiro muito ela. Eu sou smiler e vejo uma briga entre fandoms. Eu respeito todos os artistas e tento ver o lado positivo de cada um. Bjuus :*

Nay Nascimento disse...

Anônimo, vou visitar a Barbara e ver o que aconteceu. Obg por avisar! :D

A matéria ficou um pouco extensa, mas foi basicamente o que eu queria passar, tinha muito mais coisas hahaha
Que bom que gostaram Kim e Clevane! :33

Franci, obg pela sugestão da cover Emmy.Anna (eu visitei e ela é demais *o*), sua doll é muito linda, nem precisa ser a Demi pra ser incrível hehe' Bjuss :*

Nay Nascimento disse...

Letícia, você foi muito corajosa em decidir falar sobre sua vida pessoal e sobre o que passou. A Demi fala nas entrevistas dela que se ela conseguir ajudar alguém através de sua história de vida, ela irá fazer isso 100% do tempo dela. E tenha certeza que você ajudou sim alguém. Demonstrou ser madura o suficiente para falar do passado e superar isso, porque todos nós passamos por problemas de alguma forma, mas o que importa é o que vamos fazer com eles, quais atitudes iremos tomar, e você enfrentou tudo de frente, superou e hoje fala disso abertamente porque já fazem parte do passado. Você foi muito forte, porque a maioria das pessoas não tem coragem de admitir que precisam de ajuda ou de fazer algo para ser feliz.

E eu também sofri muito por ser meio nerd (nunca vou admitir que sou nerd hahaha), as pessoas se aproximam de você simplesmente para tirar algum benefício egoísta, mas eu também encontrei amigos verdadeiros que me amam do jeito que eu sou, sem pedir nada em troca. :)

Enfim, a vida não é fácil pra ninguém, mas nós podemos seguir em frente, assim como você! Parabéns! :D

Nay Nascimento disse...

E sobre os haters, certa vez me disseram que só não é criticado quem não é visto. Tenho certeza que a Demi não se importa mais com esses apelidos grosseiros, fica tranquila hehe'.

Concordo com você Vivianny, em tudo que disse, sobre o tamanho do post hahaha, a Letícia, e sobre a matéria ter o objetivo de ajudar alguém, seja de forma indireta ou direta.

Em nossa sociedade é meio que tabu falar de distúrbios, bullying, e muitas outras coisas, como se não nada disso existisse. Eu acredito que tudo deve ser mostrado e discutido e estou fazendo meu papel. Acho que ainda não disse, mas a militância feminista faz parte de mim, e como toda feminista que se preze, falo sobre tudo e tento ajudar de alguma forma.

Bjuus lindas! Meu Deus, comentei muito hoje! Hahaha :o

Stardoll PinkVivianny disse...

Comentários muito interessantes q deixaram o post ainda mais completo! Ultimamente alguns posts {a maioria} têm comentários chatos de anônimos desocupados e esse foi bem rico em comentários legais!